quarta-feira, 31 de março de 2010

PREPARAÇÃO DE AULA.

Aula – Filosofia prof. Hugo 1ºano médio. O que é conhecer? Como conhecemos? O que é possível conhecer? (relação sujeito-objeto). Qual o critério de verdade? Precisamos avaliar a resultante de nossos conhecimentos por critérios, e julga-los de acordo com a razão. Dois critérios: Ato de conhecer diz respeito à relação que se estabelece entre a consciência que conhece e o objeto a ser conhecido, enquanto o segundo resulta no ato de conhecer. Razão histórica: no correr dos tempos, o que se entende por conhecimento tem assumido formas diferentes, conceitos diferentes, é preciso levar em conta a possibilidade histórica de construir conhecimento. Exemplo: a invenção do avião só poderia acontecer naquele momento histórico, não havia conhecimento acumulado para tanto anteriormente. Intuição: conhecimento intuitivo. De que modo o sujeito que conhece pode apreender o real? Geralmente respondemos que conhecemos pela razão (logos) – pelo discurso capaz de encadear juízos e chegar a uma conclusão. No entanto, apreendemos o real também pela intuição que é uma forma de conhecimento imediato (eureka!). como aquela idéia de estalo que pode resolver a situação. Tipos de intuição - a intuição é importante por ser o ponto de partida do conhecimento, a possibilidade da invenção da descoberta dos grandes saltos do saber humano. Partindo de uma divisão muito simplificada a intuição pode ser de vários tipos. Intuição sensível É o conhecimento imediato pelos órgãos dos sentidos: sentimos o calor; vemos a blusa azul; ouvimos o som do violão; percebemos o paladar ácido ou doce da fruta. Intuição inventiva – é a intuição do sábio, do artista do cientista, quando criam novas hipóteses: também na vida diária, enfrentamos situações que exigem soluções criativas, verdadeiras invenções súbitas. Intuição intelectual – é a que se esforça por captar diretamente a essência do objeto. Uma primeira certeza na qual deriva todas as outras verdades.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário